Pesquisar

Confira na íntegra, nossa entrevista com a cantora Jackie Gómez.

De nacionalidade Dominicana, mas atualmente residente da cidade de Allentown, estado da Pennsylvania, EUA. Jackie Gómez iniciou sua trajetória

Confira na íntegra, nossa entrevista com a cantora Jackie Gómez.

De nacionalidade Dominicana, mas atualmente residente da cidade de Allentown, estado da Pennsylvania, EUA. Jackie Gómez iniciou sua trajetória na música cristã contemporânea em meados de 2006, com seu primeiro álbum “Creo En Ti” com produção musical do renomado produtor e compositor, Juan Carlos Rodríguez.

Em quase 13 anos de ministério, a artista já lançou três discos e coleciona milhares de fãs. Com exclusividade, Jackie Gómez nos concedeu a honra de ser a primeira artista internacional a ser entrevistada pela nossa redação. Confira!

Portal Cantares: Com quantos anos você começou a cantar na igreja?
Jackie Gómez: Comecei a cantar em grupos de louvor, aos 13 anos. 

Seu primeiro álbum “Creo Em Ti”, foi lançado no ano de 2006, já o segundo, “Dios Dice Sin”, veio a ser lançado em 2015. Poderia explicar qual o motivo desse hiato de quase 10 anos?
O intervalo de tempo entre o meu primeiro álbum “Creo Em Ti”, e o segundo “Dios Dice Si”, foi por muitos motivos. Primeiro, embora eu tivesse o apoio de Deus, o primeiro álbum tinha sido um sucesso, na época na minha vida eu não tive a ajuda de uma pessoa para tomar decisões e seguir em frente; em segundo lugar foi o fato econômico. Mas já para o terceiro álbum “Sin Limites”, depois de Deus, o meu marido tem sido minha ajuda no ministério.

Há quantos anos você mora nos Estados Unidos?
Quando eu me mudei do meu país, a República Dominicana, vivi por quatro anos em Porto Rico, após isso, me mudei para os Estados Unidos, onde já moro a um ano e meio.

Você sofre ou já sofreu algum tipo de preconceito devido sua nacionalidade não “americana”?
É “normal” quando você mora em um país que não é seu e algumas coisas se tornam difíceis, você sofre preconceitos e muitas vezes fecham algumas portas, mas se Deus te deu uma palavra, mesmo aquelas portas que se fecham serão uma bênção, isso fará com que outras portas mais importantes se abram, e eu sou testemunha disso. Então, apesar de qualquer preconceito, continuamos seguindo em frente.

Apesar de morar já algum tempo nos EUA, você optou por lançar álbuns com sua língua de origem, isso não atrapalha suas agendas nas igrejas americanas?
Embora eu tivesse que ministrar em igrejas compostas de latinos e americanos, tenho a sorte de sempre ter um tradutor por perto, porque eu não falo inglês, então isso não foi problema. Eu não descarto, talvez no futuro, gravar algo em inglês ou outras línguas. Eu amo fazer isso, mas por enquanto minha música é só em espanhol.

Em fevereiro do ano passado, você lançou a música “El Mayor Trofeo”, cantado originalmente pela cantora brasileira Damares, como single de seu novo trabalho. Como você conheceu essa canção?
A música “El Mayor Trofeo” nós conhecemos através do compositor Tony Ricardo. Estávamos interessados ??em gravar alguma composição dele e, após procurar informações sobre suas canções, nós conhecemos a música.

Porque resolveu lançar essa faixa em questão, como carro chefe de seu novo álbum?
Porque meu marido e eu gostamos muito desde que ouvimos, e apesar de ser uma linguagem diferente da minha, eu entendi sua mensagem desde que a ouvi. Nós nos apaixonamos pelas letras fortes dessa música.

Estamos passando por uma grande transição dos discos físicos para o digital. Você como cantora, como está lidando com essa transição que está dominando atualmente a área comercial da música?
Foi uma transição muito importante na música, mas ainda estamos nos adaptando. Nós ficamos para trás e não queremos isso. Então, mesmo quando vamos para as igrejas ministrar, temos sempre discos físicos. Porque ainda há muitas pessoas em diferentes países que ainda utilizam esses veículos.

Em 2002, algo inesperado aconteceu em sua vida. Você recebeu a promessa que gravaria seu próprio CD, qual foi sua reação nesse dia?
Bem, foi uma reação de surpresa e um pouco de descrença, depois aceitação e decisão de avançar para tomar posse dessa promessa que Deus me deu.

Ouvimos o seu mais novo álbum “Sin Limites”, e pudemos notar o cuidado em selecionar as composições. Como foi feita a escolha de repertório deste projeto?
Meu marido e eu  ficamos vários meses analisando e tomando decisões sobre cada tópico, fazendo algumas mudanças quando necessário, até que finalmente completamos o que queríamos para este álbum. E nós damos Graças a Deus que nos guiou durante todo o processo. Deus usou meu marido para escolher quase todas as músicas e, quando ele as apresentou para mim, eu as amei e dei a elas aceitação, de modo que foi uma decisão conjunta.

Prestes a completar 13 anos de carreira, qual é a probabilidade de em um futuro próximo, você gravar seu primeiro álbum ao vivo?
Estamos ansiosos para gravar um álbum ao vivo, embora ainda não esteja em nossos planos. Esperamos que seja em breve.

Você já veio ao Brasil?
Não, eu ainda não visitei o Brasil, mas nós gostaríamos muito de ir e poder ministrar aí. É meu desejo e do meu marido. Também poder conhecer pessoalmente nosso irmão Tony Ricardo, porque no álbum “SIN LIMITES” temos seis composições dele, nós admiramos o belo talento que Deus colocou nele.

Em quais países você já cumpriu agenda?
Nesta nova etapa do nosso ministério, nós temos ministrado aqui nos Estados Unidos, mas nos próximos meses estaremos visitando Honduras e Argentina.

Antes de lançar o seu primeiro disco, você cantava músicas de outros cantores. Algum deles seriam sua inspiração e admiração?
Eu admiro muitos cantores, especialmente de Julissa, Emgrid Rosário, Danilo Montero, Rene Gonzalez, entre outros.

Com quem você sonha em fazer uma parceira em uma canção?
Eu gostaria de gravar com Rene Gonzalez

Gostaria de cantar junto com algum cantor brasileiro? Se sim, quem?
Eu adoraria cantar com Jotta A e Tony Ricardo.

Poderia deixar uma mensagem para quem curte ou deseja conhecer mais de seu trabalho aqui no Brasil?
É meu desejo, que todo louvor que Deus me dá a oportunidade de interpretar seja de ministério, salvação e restauração para todos que podem ouvi-los, e espero que vocês, que estão lendo esta entrevista, abram o seu coração para que Deus ministra através dele. Então, eu convido você a ouvi-los e compartilhá-los com todos os que você quer  que também sejam abençoados, Amém!

Agradecimentos

Nós do Portal Cantares, nos sentimentos honrados pela Jackie Gómez nos conceder essa entrevista via e-mail. Foi com muita alegria e entusiasmo quando entramos em contato com a cantora e ela prontamente aceitou o convite. Nossos mais sinceros obrigado a artista, desejamos que Deus possa soprar teu nome em vários cantos da terra, e que todas as promessas dEle se cumpra em seu ministério. Obrigado!

Curtiu nossa entrevista? Conheça mais do trabalho dessa talentosa cantora da música cristã contemporânea na plataforma digital abaixo.

About Author

estudiomoriah

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *