Pesquisar

Banda Barba de Arão lança “Quem me Amaria?”, single que fala sobre aborto

A banda Barba de Arão lançou nesta sexta-feira, 26 de abril, o single “Quem me Amaria?”. A canção, que

Banda Barba de Arão lança “Quem me Amaria?”, single que fala sobre aborto

A banda Barba de Arão lançou nesta sexta-feira, 26 de abril, o single “Quem me Amaria?”. A canção, que já está disponível em todas as plataformas digitais, traz uma mensagem profunda e dá voz às crianças que foram impedidas de nascerem por terem sido abortadas. O videoclipe será lançado oficialmente no dia 10 de maio, mas você já pode conferir o single no seu aplicativo de música preferido por meio do link a seguir: https://onerpm.link/702190210159

Segundo Igor Martins, vocalista da banda, a inspiração para “Quem me Amaria?” surgiu de uma pregação em um culto de domingo. O artista revela: “Apesar de não me lembrar exatamente da mensagem, houve alguma citação que me trouxe o tema à tona na imaginação. Já faz tempo que eu queria escrever algo sobre isso e durante a mensagem simplesmente fui anotando essa suposta história que ocorre com este eu lírico”, diz Igor Martins.

Com uma pulga atrás da orelha

A canção chega às plataformas visando provocar os ouvintes, incentivando eles a refletirem sobre o verdadeiro significado por trás da composição. “Quem me Amaria?” aborda a questão do aborto, apresentando a perspectiva de um eu lírico que lamenta não ter tido a oportunidade de nascer. 

“Essa música é uma canção para deixar os ouvintes com uma pulga atrás da orelha, se perguntando: o que significa essa letra? Assim como aquela canção ‘A Casa’ de Vinícius de Moraes”, esclarece Igor.

Sim, vai ter videoclipe

O videoclipe oficial, que será lançado em 10 de maio, contará com a participação especial da artista regional de São Paulo, Julyanne Carolina, ampliando a experiência visual e emocional da música. “Escolhi ela por ser uma artista jovem, com um estilo autêntico e que caminha dentro do surrealismo. Acho que o processo imaginário proposto na canção ganhou uma acentuação muito firme no clipe”, coloca o vocalista.

“Um detalhe sobre o clipe é que além da participação dela, outras imagens foram captadas por mim de forma independente e caseira com a participação da minha esposa e da minha filha”, complementa.

Emo e folk, para além do “evangeliquês”

A sonoridade de “Quem me Amaria?” combina elementos do emo com influências do folk, criando uma atmosfera bem característica do rock. O vocalista comenta: “Já me chamaram de emo, então acho que essa música tem bastante dessa sonoridade, mas também bebo muito do folk. Espero realmente que esse single choque as pessoas. Espero que faça as pessoas repensarem sobre os valores da vida, afinal Deus é o autor da vida”, ressalta.

“No Barba de Arão tento seguir a proposta de escrever além do ‘evangeliquês’, além de hastear algumas bandeiras que considero importantíssimas, que são: Deus e Família. Até o momento minhas canções falam sobre esses dois pontos, às vezes indiretamente, mas a cosmovisão é essa”, complementa Igor Martins.

Na produção do single, a banda contou com Paul Black na captação da bateria e Tony Jr. nos violões, mixagem e masterização. O restante da produção foi realizada de forma independente, demonstrando o talento e a versatilidade de Igor.

Conheça mais sobre a banda Barba de Arão

Fundada por Igor Martins em 2021, a banda Barba de Arão existe para quebrar os padrões do que se tem feito na cena gospel atual. Uma excelente escolha para quem curte o som de Resgate, Projeto Sola, Victor Pradella e Rodolfo Abrantes. A paixão pela música sempre fez parte da vida do vocalista, uma herança deixada por seu falecido pai. Desde adolescente, ele se envolveu com a música na igreja, que considera sua principal escola musical. 

A influência do rock, presente desde a infância, combinada com a composição poética, resulta em um estilo único e autêntico para a Barba de Arão. O objetivo da banda é explorar um estilo mais poético e culturalmente relevante, buscando conectar-se com um público diversificado. 

“O rock é gosto de infância também. Por um tempo escrevi canções com mais cara de culto de domingo, e também escrevi muita coisa na linha do hardcore/emo, afinal sou de 89. Mas, aqui no Barba de Arão a ideia é explorar um estilo mais poético, menos evangeliquês, e soar como um produto cultural interessante para quem não é da igreja também”, finaliza Igor Martins.

Ouça agora o single “Quem me Amaria?” nas plataformas digitais:

https://onerpm.link/702190210159

Acompanhe a banda Barba de Arão pelo Emstagram:

https://www.instagram.com/_bandabarbadearao/

About Author

Karlos Aires

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *