Pesquisar

Análise Mais: “Deus Faz o Melhor” de Fábio Nunes.

“Deus Faz o Melhor” é o primeiro álbum do cantor Fábio Nunes lançado de forma independente no ano de

Análise Mais: “Deus Faz o Melhor” de Fábio Nunes.

Deus Faz o Melhoré o primeiro álbum do cantor Fábio Nunes lançado de forma independente no ano de 2017.

Estava eu ouvindo recentemente minhas playlist`s favoritas e me deparei com este lindo álbum autoral do cantor e me questionei de o porquê não ter feito ainda uma analise deste CD, após isso, cá estou eu descrevendo um pouco sobre a mensagem que o cantor quis transmitir em seu primeiro disco.

Com um som meio pesado e ao mesmo tempo excêntrico, o abre alas Prefiro Ser Fiel se incia com pequenas batidas na percussão e logo um choro na guitarra acompanhado de um agraciado backing de fundo até a deixa do cantor, fazendo os instrumentos mudarem de direção indo ao seu encontro. Seu meio corpo vem com um embaralhamento dos arranjos para deixar o refrão com uma frase de efeito maior e maís nítida. Uma bela letra escrita por quem sabe fazer!

Com o dedilhar de um violão e outro de acompanhamento de fundo, assim se inicia Deus Faz o Melhor, sendo esta uma canção que te instiga a pensar qual o caminho seguir e porquê seguir. Com uma letra profunda e arranjos colocados na medida certa, sua base forte é a mistura jogral entre a melódica voz do cantor e seu alto grau de moralidade entre o saber de Deus e o nosso querer. Tem cara de batista rsrs

Piano, um violão e uma voz meia que pesada do cantor, Emédito e Sobrenatural veio a narrar um pouco da história de Pedro quando tentou pescar a noite toda e nada conseguiu. Com uma letra bem intimista onde seu foco principal destina-se a falar de coisas inéditas onde ninguém viu ou já ouviu falar, em que só Jesus pode fazer. Sua produção ficou bem intimidadora do tipo que te arranca suspiros ofegantes e queira saber quem escreveu as notas dos instrumentos aqui usados. Essa canção pede volume máximo!

Ressuscitou inicia-se com o até aqui usado piano em seu dedilhar mais forte, seguido por um backing, violino, violoncelo, – a orquestra toda hahah – então o cantor começa a entoar a melodia em seu mais perfeito agudo, em um tom agradável e bem intimista. Em seu meio corpo damos de cara com uma junção entre voz, back e arranjos pesados e arrepiantes. Certamente, esta canção levou seu titulo ao pé da letra com seus acordes que ressuscita qualquer igreja morta que não sabe dá glória. Replays e mais replays, você não vai se arrepender!

Violino, piano, violoncelo – aahhh, eu morro com essas produções chiques e intimidadoras! Só amo! – Assim começa A Escolha de Deus – minha canção preferida hahah – com uma produção digna de um óscar com seus arranjos para la de impecável, o cantor inicia sua composição ao som de voz e um pequeno dedilhar em seu violão, até chegar em seu meio corpo e o jogo virar para arranjos pesados e super bem posicionados, e quando pensamos que isso é tudo que a musica tem a oferecer, fora sua letra bem atual, seu corpo final simplesmente explode fazendo ter um efeito super bacana e ousado em sua letra. Se vale a pena dá replay? Só acho que um só não é o suficiente! Merecia até um clique dentro de uma igreja enorme estilo santificação de Elaine Martins – só uma dica kkk -.

Com uma pegada do blue e jazz, Minha Noiva Minha Igreja começa meio tímida e possui uma letra bem adoradora – tem cara de adventista – seus arranjos passeiam entre o animado blue e jazz com o pesado black music, voltado para igrejas neo-congregacional e tem por finidade grupos de jovens que curtem mais esse estilo musical. Para quem curte, vai ser sucesso!

Levanta Samuel, estava eu ouvindo esta canção e enlouqueci – meus Deus! Que música, que produção, que voz! – a melodia começa com um pequeno coral entoando um “oh oh oh” agraciado junto a um piano e violoncelo de fundo, ate eclodir uma orquestra completa. Seu meio corpo vem com o cantor profetizando que Deus há de levantar Samuel´s sem medo e que pregue a verdade na terra. Super indico para os amantes de música boa!

Com arranjos medianos comparado as canções até aqui mostrada, Seja Feita A Tua Vontade é uma oração em forma de canção, destacando a mais pura sinceridade do levita em entoar esta melodia na qual é bem nítida a sinceridade que ecoa de seus lábios. É bem bacana a letra mas perde um pouco nos arranjos.

Aqui os arranjos pesados e super bem colocados voltam com tudo logo de início. Com uma letra bem intimista no melhor estilo Deus e eu, eu e Deus, Filho de Deus é bem linda de inicio ao fim com sua pegada adoração cristocêntrica. Destaque ao backing – apesar de quase não se ouvir – mas que pesam igualmente na melodia junto aos instrumentos em si usados. Em seu corpo final vem um pouco de harpa cristã em estilo Fábio Nunes.

Percussão e um pouco de violão dão a introdução desta bela canção, desta vez, com seu backing tendo um pouco mais de brilho e charme logo no inicio. Santo Santo é pura adoração e agraciada desde sua nota final até seu ultimo balançar das cordas musicais. Perfeita para igrejas batistas e congressos onde o foco é a adoração para Ele e por Ele.

 

Conclusão: Fábio veio a nos apresentar um álbum equilibrado, com canções voltada para todos os gostos e estilos pra ninguém botar defeito. Se cada canção fosse um carro alegórico numa extensa avenida onde seu publico presente fosse os anjos e o juiz de maior peso fosse Deus, eu diria que ganhará 10 em todos os quesitos.

O álbum em análise encontra se disponível em todas as plataformas digitais, tais como: Deezer, iTunes, Spotify.

About Author

Gilcinei

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *